09/03/2008

Crescer ou Decrescer

Tudo o que não cresce, decresce e arrisca-se a desaparecer. Este parece ser um princípio básico da vida. Não há meio termo, ninguém fica de fora desta realidade. Se deixo de investir numa relação, ela não se aguenta; se não dou continuidade à minha formação, deformo-me inevitavelmente, e por aí fora... E quem não continua a investir na fé e no amor, corre o risco de perder ambas as coisas.
Vasco Pinto de Magalhães SJ, in 'Não Há Soluções, Há Caminhos'
Porque... esta reflexão assenta-me que nem uma luva !

10 comentários:

KNOPPIX disse...

Na vida, há que "investir" em tudo, para, mais tarde, podermos colher os frutos desse investimento.
Acomodarmo-nos aquilo que já conqistamos, é o primeiro passo para um vida vazia e sem sentido, a monotonia é o maior inimigo da nossa felicidade.
Beijinhos (muitos), flores (muitas) e todo o meu carinho por ti, que tenhas uma boa semana :)

P.S.: Desde 6ª ando "desaparecido" deivo a uma chata gripe que ainda hoje me afecta um pouco, só vim para o trabalho depois de tomar a velhinha aspirina C, estou ainda abaixo de forma :(

Paula Crespo disse...

Parar é morrer, lá diz o ditado. E quando deixamos de investir nas pessoas, nas relações, em nós próprios, morremos um bocadinho, aos poucos.
P.S. Não tenho tido tempo para investir nestas relações virtuais, o que me tem mantido longe de todos vós. Além disso, só para ajudar, o meu PC resolveu fazer birra!... Enfim, hei-de sobreviver ;-))
bjs

Ka disse...

Querido knoppix,

Assino por baixo o que disseste e é precisamente por isso que disse que este pensamento me assenta que nem uma luva :)


Estares de gripe é que não pode ser querido amigo :(, ainda por cima o tempo hoje não ajuda nada.

Beijinhos curativos (muitos) e espero que apesar dessa gripe e do dia chuvoso tenhas uma excelente semana!!

Ka disse...

Paula,

Eu também andei "desaparecida" como deves ter reparado :) mas olha são fases. E continauarei por aqui a receber-te com um sorriso, sempre qe possas e queiras cá passar :)

Beijinhos e boa semaa

Jotabê disse...

Mas essa, é uma máxima incontornável, e a sintonia e pluralidade ficam também muito bem aí.
Triste mesmo é o acomodar negligente. Nenhuma relação, por muito sustentada que esteja, resiste muito tempo.

:|

beijoca

Olá!! disse...

Investir em qualidade e dando tudo por tudo...
O investimento deve começar pelo próprio, quando perde o amor-próprio fica castrado para crescer seja no que fôr.
E o retorno??? sim porque tem de haver retorno, investir a só é complicado.
Beijossssss

Ka disse...

Jotabê,

É não é? E claro que a sintonia e pluralidade estão presentes! Pelo menos foi assim que interpretei quando li pois uma relação, seja ela de que tipo fôr é feita por duas pessoas o que significa que este texto se aplica incondicionalmente aos dois :)

Beijoca e uma excelente semana

Ka disse...

Olá,

É como disse ao Jotabê, isto só resulta se fôr feito pelas duas pessoas. Normalmente penso por exemplo numa relação entre duas pesoas como num barco a remos em que cada um rema com um remo. Se um deixa de remar, o barco roda sobre si mesmo e não vai a lado nenhum, a relação não avança pois um dá tudo, desgasta-se a "remar" e outro está pura e simplesmente ausente...

Beijosssssss

Kok disse...

Estou a ver-nos caminhando lado a lado e umas vezes parece que vamos subindo e outras vezes que vamos descendo; temos alguns tropeços, alguns desiquilibrios; temos experiências conjuntas e outras que se completam; temos crescidos juntos, eu e "ela".
Quase poderia dizer que nada se perde e nada se cria mas tudo se vai transformando (felizmente que) para melhor.
Que continuemos ganhando...
Beijokassss

Ka disse...

kok,

Ainda bem que assim é :)

Beijinhos