19/03/2008

A recordação mais antiga que tenho é a sensação de orgulho por finalmente fechar bem a mão em torno do seu polegar.

Lembro-me de nos dar banho às três em sequência: passava a água pela mais velha, a seguir pela do meio e no fim vinha eu.Depois vinha o champô e sabonete,seguindo esta lógica até o banho terminar.

Lembro-me de estar a lavar os dentes logo de manhã e ter sempre direito a levar uma pincelada de creme de barba no meu nariz...e como eu ficava contente :)

Lembro-me das explicações de matemática (arghhhhh) e quando já não se lembrava da matéria estudava primeiro para nos poder acompanhar!!
Lembro-me da rigidez na educação a qual eu hoje muito agradeço. Lembro-me de o "odiar" por achar que tanta severidade ia ter mau resultado(na idade do armário)...mas não teve!

Lembro-me dos conselhos dados em todas as alturas importantes da minha vida. Lembro-me do peso da responsabilização que me impunha quando pedia liberdade para tomar decisões...e agradeço!

Lembro-me de pessoas que não conheci, como o meu avô, pelas histórias que fez sempre questão de nos contar, de nos passar a sua memória...e sei que tenho sorte!

Lembro-me das visitas surpresa que me fez das primeiras vezes que saí...e lembro-me de mais tarde termos ido sair os dois...e eu orgulhosa da minha companhia!

Lembro-me de com ele aprender o que era o bom jazz, a música brasileira e até do seu esforço para acompanhar as modas musicais das filhas!

Lembro-me de ir para um novo projecto de vida num país diferente e ler uma carta que me escreveu, dando-me o que julgava ser as directrizes mais importantes que deveria manter como postura digna de vida...e terminava dizendo que estaria ali SEMPRE que fosse necessário...e esteve!

Lembro-me do que me disse acerca de uma relação a dois: entre outras coisas amar é fazer também um sacrifício pelo outro mas com um sorriso na cara (ainda hoje acredito que é uma máxima que faz toda a diferença!).
Lembro-me dos dias de namorados em que eu ou alguma das minhas irmãs estivesse sózinha me trazer uma flôr dizendo que para ele as filhas eram sempre namoradas :) e dessa forma fazer-nos sorrir!
E no dia da mãe em que faz sempre questão de nos trazer uma flôr :)

Nem sempre estamos de acordo mas sei que pensa nas situações e sempre que achou ter sido injusto não teve dificuldade em falar comigo e pedir-me desculpa !

Mesmo podendo não concordar com alguma atitude que uma de nós tenha, está incondicionalmente ao nosso lado e faz-nos saber isso!

São meros pormenores os que aqui relato acerca do papel fundamental que o meu pai tem tido na minha vida.

Por tudo isto apenas tenho uma palavra: OBRIGADA PAI!!

De facto há pessoas afortunada e eu sou uma delas por ter um pai assim :)
Um beijinho especial para todos os que já não podem partilhar estas coisas com os respectivos pais.
ps - um último mas importante pormenor: já é avô mas continua a dizer-me para ter cuidado a atravessar a rua, para me agasalhar como se eu tivesse a idade do meu filho ou dos meus sobrinhos :))) o verdadeiro pai coruja!

21 comentários:

mjf disse...

Olá!
Parabens ao teu Pai, pelo bom trabalho que fez contigo...agora tem uma filha que é uma grande Mulher...

Beijos

LB disse...

Bonito Ka, muito bonito!
Gostei muito de ler este texto. Uma admirável homenagem ao principal homem da nossa vida, tantas vezes esquecido (agora, até na decisão de ser ou não pai, não é tido nem achado) mas que, apesar de tudo, e como bem dizes, está lá!

Beijinho

Maria P. disse...

Sei do que falas, o meu é sem dúvida o meu melhor amigo, sempre foi e será.

Beijoca*

Girafa cor de rosa disse...

Este teu texto quase que me levou as lágrimas aos olhos!! LINDO! És sim afortunada por ter um pai sempre presente, eu não tive o meu assim tão perto, embora saiba que gosta muito de mim e eu dele, mas essa tua relação é mesmo muito especial, muito bonita, parabéns a ti tb filha de um PAI maravilhoso. Bjs. FELIZ DIA DO PAI!!

Olá!! disse...

Querida Ka, lindo e emocionante o te post. Incríveis as recordações que guardamos... eu ainda me lembro do cheiro do meu Pai e já lá vão 16 anos que ele partiu.
Obrigada pelos abraços que me deixaste nos últimos dias, senti-os todos...
Beijossssssssss grandessssssss

paulofski disse...

Intenso e sentido texto de filha para o pai que a merece. Parabéns Ka.

Sinto-me também afortunado em ser pai e "delegar" no avô a alegria de ser pai novamente.

Beijo e bom Dia do Pai.

KNOPPIX disse...

Querida Ka, adorei o modo sentido e ternurento como falas do teu pai, só uma mulher maravilhosa como tu para expimir por palavras todos os sentimentos e afectos que os pais nos transmitem, eles, apesar da nossa idade, olham sempre para nós como os seus "bébés", e isso é algo maravilhoso, sabemos o que isso é porque também sabemos agora o que é ser Pai, é algo inexplicável pela força dos sentimentos que vivemos dia a dia.
Deixo-te um grande beijo, flores lindas (rosas amarelas), um xi-coração e desejo-te um feliz dia do Pai.

KNOPPIX disse...

Um erro na 3ª linha, mas a culpa é toda do teclado: "exprimir..."
Aproveito para te dar mais meia dúzia de beijocas ;)

Francis disse...

É PAI.

NuNo_R disse...

OlÁ...
Bonita esta homenagem que fazes ao teu Pai :)

Bjs

Ka disse...

mjf,

Simpatia tua, obrigada :)

Beijos

Ka disse...

Luís,

Acredita que é totalmente justa a homenagem !

Beijinho

ps - e sabe-nos tão bem que estejam lá não é?

Ka disse...

Maria,

Ainda bem :) e é bom não é?

Beijoca

Ka disse...

Girafa,

Obrigada e sim, sei que sou afortunada :)

Beijinhos e bom dia do pai para ti

Ka disse...

Olá,

Eu tento sempre recordá-las mesmo ainda com o meu pai presente para não me esquecer de nada! E hoje fiz questão de lhe ler este texto pois acredito que nunca devemos adiar dizer a quem é tão importante para nós, o valor e papel que tem na nossa vida!

Beijossss

ps - Em relação ao teu pai sei perfeitamente o que isso é pois também me lembro muito bem do cheiro da minha avó

Ka disse...

PAulo,

Obrgada, és um querido :)
PArabéns também a ti, que imagino que sejas um excelente pai :)

Beijo

Ka disse...

Knoppix,

Tu és sempre tão generoso a classificar-me, obrigada :)
e é sempre bom sentirmo-nos assim "pequeninos" ao lado deles não é?

Beijossss obrigada pelas rosas, adorei o xi-coração

ps - e podes fazer toas as correcções que quiseres desde que venha sempre mais 1/2 dúzia deles :P

Ka disse...

Francis,

Pai com P grande mesmo!

Ka disse...

Nuno!!!

Obrigada e um excelente dia do pai para ti também :)

Beijinhos

Lisa's mau feitio disse...

Olá Ka,

gostaria de ter esta liberdade no coração para escrever um texto destes sobre o meu Pai.
Não tenho e não consegui proferir uma "palavra" que fosse acerca deste dia. Coisas da vida.

Escreverei à volta do Mundo no dia da Mãe!
Tudo se complementa!!

Fica bem, muito bem:)

Lisa

Ka disse...

Lisa,

Sei o que isso é, daqui a uns tempos trocamos :)

Beijosssssssss