30/03/2007

Bom fim-de-semana!!!!!!


Só?????????

Li aqui que o Sócrates (já não gostava muito de títulos mas com a confusão do curriculum deixei de saber como tratá-lo...) desceu 10 ponts numa sondagem.

E eu pergunto: só 10 pontos?????

Mas afinal o que é que é preciso o homem fazer para ter uma valente descida?
Espatifar o país de vez?...é que já não falta muito para isso acontecer!

29/03/2007

Expliquem-me como se eu fosse mesmo muito burra....

Vem hoje no público que houve uma derrapagem das contas públicas de 1000 milhões de Euros (gostava que conseguir imaginar o que é esta quantia) do Estado face ás previsões que o mesmo Estado fez na Outono passado, e que o défice de 3,9 % é possível pelo aumento do IVA de 19 para 21 %.

Ora pensem lá comigo: se a redução do défice foi obtida pelo aumento da carga fiscal então não houve diminuição da despesa pública!

E aqui fico cada vez mais irritada pois andamos nós a pagar mais, para o Estado manter o seu modo de vida prazenteiro, sem fazer nenhum tipo de dieta (como por exemplo deixar de contratar os seus boys diariamente) e tudo o que eu vejo ser alterado terá uma influência directa na vida de milhões de pessoas e não do pequeno grupo de carraças que faz política por interesse próprio.

Afinal Este governo, além de não ter criado os tão afamados 150 mil postos de trabalho, tem continuado com o aumento da despesa pública e quem o paga somos nós.

E no meio destes anos todos em que os governos eleitos nos têm delapidado, ninguém é responsabilizado por este tipo de atitudes. Acredito que deveria haver a possibilidade de uma responsabilização pessoal a quem nos governa, para que tivessem a consciência de que não podem fazer tudo o que querem, sem consequência nenhuma.

27/03/2007

O passado, o presente e o futuro

Acabei de ver um programa acerca da evolução do modo de vida desde os anos 60 até aos dias de hoje.

Realmente o nosso modo de vida modificou-se muito, sendo que a sensação que tenho é a de andar sempre a correr de um lado para o outro.
Esta nossa correria diária é, por um lado, inevitável pois tudo se passa e se vive de uma forma mais imediata. No entanto, n0 meio desta correria onde todos andamos, consigo distinguir pessoas que conseguem gerir o seu tempo de forma a saborearem os pequenos prazeres que a vida nos oferece.

Penso que isto também é uma questão de educação, de hábitos. Basta pensarmos como eram as gerações anteriores a nós...viviam as coisas de uma forma mais pausada. Se bem que podemos dizer que também tinham mais tempo, acredito também que o faziam pelo hábito, pela forma como foram ensinados a viver.

Penso muito nisto pois lembro-me da minha avó, já na sua velhice, sempre bem disposta, e que me dizia que a razão da sua boa disposição era a sua vida ser feita de recordações.

E nestas alturas penso o quão importante é sabermos viver para mais tarde podermos ter essas recordações.

Olho para meu filho e sinto que tenho também essa responsabilidade acrescida: ensiná-lo a aproveitar bem a vida...o que lhe aparece como presente dia após dia e não viver apenas de sonhos num futuro longínquo.
Se por um lado é vital sonharmos e termos projectos, nunca devemos fazer do sonho o nosso modo de vida senão chegaremos ao fim desta vazios de conteúd0 e a questionarmo-nos porque razão desperdiçamos tanto tempo.

O tempo mais precioso é o do momento presente...o segredo está em ter consciência disso e saber aproveitá-lo.

Hoje ao telefone:

Aguarde um bocado por favor, pode ser?

do outro lado responderam: concerteza! (e desligaram....)

ele há cada uma!!!

26/03/2007

Dia do Livro Português


Hoje é o dia do livro Português e pelo que percebi, este facto passa desapercebido na panorâmica nacional.

Era um bom dia para o Estado puxar pela cultura portuguesa..mas não.. continua entretido com o simplex...


Para mim ler um livro é um dos meus hobbies favoritos. Permite-me desligar-me da correria do dia-a-dia a que estamos sujeitos, apela á minha imaginação pois sou eu que construo o personagem mediante o que vou lendo. Num filme por exemplo, sou confrontada com a personagem já contruída aos olhos de outra pessoa que não eu.

Posso dizer-vos que tento não ver um filme antes de ler o livro para não ficar agarrada a imagens feitas pelos outros.


Quanto a escritores portugueses, prefiro sem dúvida os clássicos que se dava no ensino secundário tais como Eça de Queiroz, Almeida Garrett, Aquilino Ribeiro, Miguel Torga, etc Em relação aos mais modernos tipo Margarida Rebelo pinto, não me identifico em absoluto..tem uma escrita vazia de conteúdo, de consumo rápido, é o correspondente ao fast-food em literatura portuguesa.

25/03/2007

22/03/2007

Vou dar música...

Finalmente consegui...

Espero que gostem da música que vos vou dar!

Como percebi que ainda nem todos conhecem como funciona o fine tune aqui vai:

Têm de deixar carregar a música alí ao lado e depois carreguem no play.

Só dou música a quem a quer mesmo ouvir :)

21/03/2007

Dia 21 de Março

Hoje e em homenagem ao início da primavera, tentei pôr a música que achava apropriada aqui no blog...mas não consegui. O site que costumo usar estar em manutenção e outro onde fui não consegui fazer nada.. por pura nabice suspeito!

Resta-me aconselhar-vos a ouvirem Vivaldi, sejam as Quatro estações ou qualquer outro concerto. É uma música alegre, energética, poderosa, que transmite muito bem este renascimento que é a Primavera. Quanto a interpretes aconselho Europa Galante conduzida por Fabio Biondi (é majestral) ou então Viktoria Mulova (assisti a uma concerto dela verdadeiramente espectacular).
É verdade... sabiam que hoje também se celebra o dia da poesia?
Não sou muito conhecedora mas assim de repente lembrei-me de Flôrbela Espanca e de Pablo Neruda.. tenho de ver se aprofundo um bocadinho mais esta área.

20/03/2007

A culpa também é nossa...

Vinha hoje a ouvir na TSF que em Portugal o preço dos combustíveis tem descido menos que na Europa. Por exemplo o preço do gasóleo na europa desceu 23% mas em Portugal apenas 9%.
Esta notícia apenas confirmou o que penso relativamente ao Estado e o seu papel em relação a quem o elegeu, os Portugueses.

Penso em 2 ou 3 temas que afectam directamente o meu dia-a-dia e vejamos as concusões que se podem tirar:
Combustível - Leva uma importante fatia do rendimento familiar se houver filhos a levar á escola e não houver uma rede de transpostes eficientes (como acontece no Porto).
Farmácia - O estado anunciou que iria baixar o preço dos medicamentos, no entanto as comparticipações baixaram num valor muito maior á baixa do preço geral o que significa que todos meterem $ ao bolso menos a pessoa que tem de os pagar pois ainda não vi nenhum medicamente que tenha um preço inferior ao que já tinha...pagamos sempre mais. É absolutamente espantoso como o Marketing do Governo os faz ganhar dinheiro.
Saúde - Cada vez mais a nossa saúde depende dos nossos bolsos e portanto quem não tiver um rendimento compatível com a ida a médicos particulares tem toda a legitimidade em ficar preocupado pois o SNS não tem a mínima capacidade de resposta.
É inacreditável como o nosso país está a saque...

Mas é ainda mais inacreditável como os cidadãos portugueses continuam na sua postura demissionária mas queixosa, não fazendo no entanto absolutamente nada para reclamar o que consideram ser os seus direitos.
As reclamações dos portugueses continuam nas paragens de autocarros, nos cafés e restaurantes (ainda não percebi como é que há supostamente uma crise enorme mas os restaurantes continuam todos cheios) mas tudo fica por aí.
Vejo um país em que ninguém tem um pensamento colectivo, construtivo...a pensar num bem comum.
Vejo um país onde existe apenas meia dúzia de pessoas que tentam fazer a diferença e não baixam os braços... E estas pessoas nada têm a ver com política, agem por consciência própria.
Afinal a culpa também é nossa pois se não formos nós a exigir, mais ninguém o fará por nós.
Olho para a realidade europeia e vejo países, que apesar de terem problemas, trabalham diáriamente em prol do bem estar dos cidadãos, países onde existem políticas de natalidade, de emprego, de habitação social e mais um sem fim de coisas..e se alguma coisa começa a correr mal, os cidadãos desses países não se demitem, reclamam e se necessário fazem parar o país (veja-se o caso de França onde isso já conteceu por diversas vezes).
Não podemos estar eternamente com queixas mas de braços cruzados...nós que já conquistamos meio mundo estamos agora reduzidos a esta mediocridade...

19/03/2007

Dia do Pai


Uma das versões sobre a história do dia do pai é esta:

"O dia do pai surgiu há mais de 4 mil anos na antiga Babilónia, quando um jovem chamado Elmesu moldou e esculpiu em argila o primeiro cartão que desejava saúde, sorte e longa vida ao seu pai. "

Gostei imenso desta história, embora não coincida com a que é tida como verdadeira neste dia, pois demonstra o que de mais importante o pai tem de um filho: o seu amor incondicional! (mesmo que muitas vezes não seja recíproco...)

Dedico este post a todos os que celebram pela 1ª vez este dia, para que se lembrem que os filhos são o que de mais valioso têm nas vossas vidas.

PS – Esqueçam lá o consumismo das prendas... que penda melhor poderão ter neste dia do que passarem um bom bocado com os vossos filhos?

16/03/2007

15/03/2007

Diminuição de "testes do pezinho" aponta para grande descida dos nascimentos

Se isto já acontece agora imaginem quando a lei do aborto livre estiver em prática...

será que o ministro da saúde está á espera que baixe até um número em que possa mandar acabar com este teste por o resultado não ser significativo?

12/03/2007

Ser Eu

Deus não me pedirá contas
De eu não ter sido
S. Francisco de Assis
Ou mesmo Jesus Cristo
Deus vai-me pedir contas
De eu não ter sido completa e intensamente
Eu

(Martin Buber)
Este post é dedicado a todos os meus amigos que se questionam acerca de qual a melhor forma de sermos

10/03/2007

2000 Visitantes!

Em cerca de 2 meses já cheguei aos 2000 visitantes!!

Caros amigos, muito obrigada pelas visitas e comentários.
Nem sempre tenho tido a disponibilidade que vocês merecem mas tento sempre fazer o meu melhor, dentro das minhas possibilidades.

Espero poder continuar a contar com as vossas visitas e com os vossos comentários (cujo próximo objectivo é aumentar o número).

Em excelente fim-de-semana a todos!

09/03/2007

Finalmente!!

Amigos da blogosfera:

O nosso amigo Rodrigo, a quem carinhosamente chamamos sázinho finalmente foi para casa!
Ao fim de mais de um mês de luta constante finalmente veio o merecido prémio que é a ida para casa.

Rodrigo, espero que sejas muito feliz.
Pais Sá e Anabela apesar de precisarem do merecido descanso, que em parte vão ter, começa agora a verdadeira mudança da vossa vida. Dou-vos um simples conselho: aproveitem ao máximo cada dia pois o tempo passa a voar.

Preguiça


Hoje sinto-me assim pelo que vos convido a deixar sugestões para posts (que não sejam muito trabalhosas e de preferência para nos rir-mos um bocado)

08/03/2007

Pensamentos do Dalai Lima


Homem que é homem põe a mulher no lugar: No pedestal.

07/03/2007

O pesadelo já começou


Afinal foram bem mais apressados do que se previa....


Hoje infelizmente foram aprovados os artigos da nova lei do aborto.


O nosso amigo socas tinha prometido uma solução consensual e cumpriu o prometido... para todos os apoiantes do aborto livre!


Ele conseguiu a solução consensual para o seu partido e para os outros partidos de esquerda que é a consagração absotuta do aborto livre!


De fora deste consenso ficam todas as pessoas que defendem a vida e que defendem que a mulher tem o direito de conhecer quais as outras opções, nomeadamente no que diz respeito ao regime de adopção e aconselhamento familiar.


Quem pondera um aborto por razões económicas e familiares, terá como única solução fazê-lo e viver para sempre com a sua opção por não ter sido devidamente informada que havia a possibilidade de adopção do seu filho... mais uma vez é o estado no seu pior!

06/03/2007

Hoje estou feliz e contente
com vontade de viver
só tenho pena daquela gente
que vegeta até morrer

É engraçado eu pensar
que bela que a vida é
cheia de altos e baixos
como o mar com a maré

Na vida o prazer é o instinto
agir sem ter de pensar
pensar só no que sinto
não ter asas e poder voar

Ser como um animal
em que não há bem nem mal
conhecer aproveitar e viver
até não mais poder

No instinto não há tempo
tempo para pensamentos
para decifrar o que sinto
em alguns destes momentos

Ao homem a palavra foi dade
para esconder o sentimento
mais uma vez no momento
em que nada é tudo e tudo é nada

Mais uma pérola do Socas

Ia eu a conduzir á hora do almoço e quase me ia espetando na VCI ao ouvir o nosso amigo socas...
Então não é que ele já descobriu que o país está a envelhecer, que a natalidade está a diminuir e que urge resolver o problema???

E qual a solução que o nosso amigo socas encontrou?

Imigrantes!!... Sim Senhor.. Imigrantes!!
Eles vão resolver o nosso problema... enchemos o país de emigrantes e já está!
pelo menos é o que o socas acha.
Ele há cada uma...

05/03/2007

Vamos ajudar!


Amigos da blogosfera: temos um amigo nosso a quem nasceu um filhote apressado. Este filhote, o Rodrigo, a quem também tratamos carinhosamente por Sázinho, nasceu no dia 3 de Fevereiro e está neste momento na neonatologia a ganhar peso e forças para poder ir para casa com os pais.

Convidamos-vos a deixar uma mensagem de incentivo á Mãe Anabela, ao Pai Sá e ao Sázinho para que os 3 saibam que estamos todos a torcer por eles.

Para isso deverá mandar uma mensagem para o rodrigo.sazinho@gmail.com

A nossa política de apoio á natalidade II

Na continuação da nossa aventura este fim-de-semana ao sair do hospital tivemos de passar por uma farmácia para comprar os medicamentos necessários.

Eram apenas 2... mas paguei quase 60 Euros!!!! Nem queria acreditar!

Foi a segunda vez num espaço de 15 dias que fui a uma farmácia comprar medicamentos para o meu filho e foi a 2ª vez que paguei quase 60 Euros!

Qual a explicação? É simples disseram-me os farmacêuticos de ambas as vezes, o estado anunciou a redução de preços dos medicamentos mas nas entrelinhas essa redução foi acompanhada de uma redução drástica nas comparticipações.

Dou-vos um exemplo para que percebam o que aconteceu:
um dos medicamentos que tive de comprar tinha como preço já com comparticipação de cerca de 15 euros.
Agora, e com a redução do PVP tem como preço, e já com a comparticipação, 25 Euros!!!

O utente paga por isso mais 10 Euros (2 contos na moeda antiga) com esta medida fantástica do Governo.

E agora expliquem-me como se eu fosse muito burra, como é que estas medidas poderão algum dia incentivar a natalidade, ainda por cima num país que envelhece a olhos vistos...

A nossa política de apoio á natalidade I

Anda o governo todo preocupado com a dignidade das mulheres que querem abortar só porque sim.. e entretanto esquece-se (propositadamente começo a desconfiar) de dar dignidade ás crianças que nasceram e aos seus pais.

Este sábado, o nosso filho lá nos pregou mais um sustito pois estava com dificuldade em respirar (fez uma crupe) e ás 03h30 da manhã lá tivemos nós de ir ao hospital. Chegamos e até fomos atendidos rapidamente mas o mais importante foram as condições desse atendimento. O nosso filho tinha de fazer uma neublização de oxigénio com outro medicamento para começar a respirar melhor. Qual não é o meu espanto quando reparei que a neublização seria feita num corredor, onde já estavam mais crianças a fazer o mesmo. Este corredor tinha numa parede instaladas as saídas do oxigénio. E nós, pais e crianças, tínhamos um banco de madeira (duro e desconfortável) para nos acomodarmos e passarmos aí as 2 horas seguintes (foi quanto tempo aí passei) com uma luz forte mesmo por cima das nossas cabeças(muito propícia a acalmar uma criança que até convem que adormeça para melhor fazer uma neublização). Do outro lado do corredor tinham construído atabalhoadamente com umas divisórias, uma unidade de cuidados intermédios para crianças.. que coisa sinistra!!!
Não me posso queixar do atendimento pois a médica pareceu-me competente e acima de tudo com sensibilidade para tratar crianças. Mas em todo o tempo que lá passei fiquei com a certeza que muitas vezes as coisas funcionam porque existe boa vontade por parte de quem lá trabalha e não pelas condições que o Estado dá (ou melhor a falta delas).

01/03/2007

E não é que andei enganada todo este tempo??

"PS, PCP, BE e «Os Verdes» chegaram a acordo sobre a nova lei e apresentaram terça-feira uma proposta que substitui o diploma socialista aprovado na generalidade e prevê um acompanhamento psicológico e assistência social facultativos e um período de reflexão obrigatório para as mulheres que queiram abortar.
«Alguns acham que era dever do PS ir negociar com os partidos que foram contra, não sei porque é que se estranha que o PS tenha ido ter com PCP, BE e Verdes que apoiam a despenalização», acrescentou José Sócrates, referindo-se a críticas do PSD por não ter sido consultado. "
Diário digital

Sempre pensei que a questão do aborto era uma questão humana, social, moral...enfim tudo menos uma questão partidária!

Também, apesar de não acreditar muito na política em geral, tive sempre como certo que os deputados da Assembleia da república estavam lá para trabalhar em nome de um bem comum. E ainda estava mais certa que quando um governo é eleito passa a ser o Governo de Portugal e não o Governo do partido X.

Mas, ao ler esta notícia constato que afinal andei enganada este tempo todo pois afinal e segundo o 1º Ministro do Governo Socialista, o governo só tem de falar com os partidos que lutaram pelo sim no referendo. A todos os outros fica vetada a participação na lei que regulará o aborto.

Parece-me que é como se estivesse a castigar os Partidos que optaram por uma posição distinta da defendida pelo governo... upps, pelo PS queria eu dizer.

Enfim... sem classificação este tipo de atitudes principalmente no que diz respeito a uma questão tão importante como esta!