15/01/2008

Li um dia, não sei onde,
Que em todos os namorados
Uns amam muito, e os outros
Contentam-se em ser amados.
Fico a cismar pensativa
Neste mistério encantado...
Digo pra mim: de nós dois
Quem ama e quem é amado?...

(Florbela Espanca)

Porque...há já muito tempo que não punha aqui um poema dela :)

12 comentários:

AJO disse...

Que belo poema... muito belo... uma feliz escolha... têm que amar e ser amado os dois... caso contrário não vale... Boa semana.

Marco Ferreira disse...

Bela escolha ... e é realmente de se ficar a pensar.

Passa lá no meu porto de abrigo para levantares o teu prémio.

marinheiroaguadoce a navegar

GP disse...

Se calhar ambos amam e ambos são amados. Nenhum descobriu ainda como o outro precisa de ser amado.

Beijinho grande

Maria P. disse...

Passo...:)

Beijoca*

Ka disse...

ajo,

Ainda bem que gostaste :)

E sim, tens razão no que dizes ...

Beijinho

Ka disse...

Marco,

Fica-se a pensar não é?

Já lá passo :) obrigada

Beijinho

Ka disse...

Graça,

Depende sempre dos casos. Por exemplo há quem ame mas o faça de forma tão egoísta que descompensa qualquer relação...

Beijinho grande

Ka disse...

maria,

hmmmm...
andas sempre a passar...lol


Beijoca ;)

pin gente disse...

se há coisa mais terrível
que amar sem ser amado
é alimentar paixão
com ternura só de lado

o amor quer alimento
e come todos os dias
senão, passa a ser tormento
e não como prometias

o amor tem destas coisas
pode não andar igual
mas a soma das parecelas
é maior que cada qual


beijo
luísa

Ka disse...

Luísa,

Adorei as palavras que aqui escreveste e se me permites aproveitarei para fazer um post com elas :) (dizendo obviamente que é a ilustre autora)

Beijinho

Blue Velvet disse...

Que bom teres posto.
É sempre bom ler Florbela,seja a que horas for.
Para mim é a maior poetisa portuguesa, que me perdoem as outras. Ninguém escreveu sobre o Amor como ela.
Não houve e não há.
Obrigada pela escolha.
beijinhos

Ka disse...

Blue,

Ainda bem que te agradou :)

Beijinho e um dia feliz