24/01/2008

Pensamento do dia


Ninguém pode construir em teu lugar as pontes
que precisarás de passar para atravessar o rio da vida.
Ninguém, excepto tu, só tu.
Existem, por certo, atalhos sem número, e pontes, e semideuses
que se oferecerão para levar-te além do rio,
mas isso te custaria a tua própria pessoa:
tu te hipotecarias e te perderias.
Existe no mundo um único caminho por onde só tu podes passar.
Aonde leva?
Não perguntes, segue-o!
(Friedrich Nietzsche)

16 comentários:

LB disse...

Nietzsche às vezes dizia umas coisas acertadas... :)

Beijinho

Marco Ferreira disse...

Não perguntes ...

É assim que devemos encarar a vida, com experiências, tentativas e erros e muita aprendizagem.

marinheiroaguadoce a navegar

A. Jorge disse...

Pensamento magnífico! Obrigado por partilhares!

Um beijo

Jorge

http://vagabundices.wordpress.com/

Jotabê disse...

Chiça! Como custa ler esse pensamento, em especial para mim com um puto com 12 anos, apesar de ter consciência dessa inevitabilidade, que terá de ser ele a fazer a sua ponte, ficamos nós pais, sempre na dúvida até quando devemos ajudar a carregar as tábuas dessa ponte e obviamente tentamos ao máximo prolongar essa ajuda
Esta coisa das fronteiras é chata como um raio

Chiça! Já fiquei deprimido com esse pensamento

Já me estragaste o fim-de-semana

:(















Tou a brincar, estragaste-me só este bocadinho

:)

Ka disse...

Luís,

Nietzsche dizia bastantes coisas acertadas...hehe

Beijinho

Ka disse...

Marco,

É isso mesmo!!!

Beijinho

Ka disse...

a.jorge,

Bons olhos te leiam por aqui :)

Ainda bem que gostaste !!!

Bejinho

Ka disse...

Jotabê,

Desde que seja um filho nosso custa sempre! MEsmo quando são pequeninos já fazem as suas pontes pequeninas também. Só precisam é de mais ajuda :)

Imagino que também irei ficar assim como tu, de coração pequenino quando o meu chegar aí...

Beijoca grande

ps - Estragar ? eu? nahhhh nem penses :)))))))

JoaoR disse...

Claro que sim.

Eu agora por causa de aulas e projectos para entregar e coisas assim nem tempo tenho para coçar.. (o nariz claro, olha agora)!

Mas em breve actualizarei a lista de blogs favoritos e realmente, tenho que criar um e-mail :P

Ka disse...

João,

Bons olhos te leiam por aqui :)

E já deves ter visto que me adiantei e já lá está :)

Beijinho e boa noite

Mocho Falante disse...

ora viva

Não sabia que Nietzsche tinha escrito algo assim tão belo, e olha que já li alguma coisa dele, agora tu nem imaginas como me soube bem ler esta passagem e o sentido que ela me fez na minha cabeça. Encaixa-se perfeitamente com a fase que ando a viver, menos boa, mas eu sei que pode melhorar, basta eu seguir o caminho que foi traçado para mim

beijocas doces

Blue Velvet disse...

Nem queiram saber o que custa. Dói demais.
Ficamos sempre do lado de cá a olhar para eles.
E mesmo nós também temos sempre as nossas pontes.
Mas o Nietzsche tinha razão: algumas só nós as podemos atravessar.
Bela escolha. Dura mas nem por isso deixa de o ser.
Beijinhos

Ka disse...

Mochito,

Foi mais ou menos pelas mesmas razões que a pus aqui sabias?

Mas olha amanhã é outro dia e de preferência vai ser muiiiiitttoooo melhor :)

Beijoca enorme

Ka disse...

Blue,

Quanto ao custar imagino que te refiras aos filhos. Sim custa sempre mas a vida é mesmo assim :)

Quanto ao resto de facto por vezes pode cair-se no erro de ir por atalhos e isso pode sair-nos caro.

Beijinho

Leonor disse...

estes pensamentos desta semana têm correspondido ao meu percurso pela dita, tem sido interessante:)))

passei uma ponte que construi e estou do outro lado. e sabe bem!!!

bom fim de semana, beijinho

Ka disse...

Leonor,

Ainda bem, fico feliz :)))

Um excelente fim-de-semana, beijinho