28/01/2009

Faz hoje um ano que o Lourenço, neto de uma amiga, a Graça do Sarrabiscos, foi para casa depois de ter nascido prematuramente.

Porque razão estou a recordar a data? É simples, é importante sabermos que devemos acreditar sempre que vai tudo correr bem...e correu! E também é muito importante acreditar que um pormenor pode fazer a diferença. Os que por aqui andavam e andam (algum mais ausentes) fomos tentando dar apoio através dos nossos blogs e tenho a noção que esse apoio fez a diferença pois ajudou, deu esperança e pensamento positivo enquanto os dias de espera passavam lentamente.
Mais do que recordar a data este post é para dar um exemplo a quem não acredita que o seu próprio acto faça a diferença... por mais pequenino que pareça faz sempre a diferença, acreditem nisso!
Um óptimo dia para todos!




28 comentários:

Vekiki disse...

Boa :)
Beijos para ti, para a Avó e para o Lourenço! (adoro este nome)
E podes crer, quando acreditamos que é possível, é meio caminho andado para que se torne possível!

Eduardo Ramos disse...

Da-se!
As melhora moça.
Cuida de ti.

mjf disse...

Olá!
Como é verdade o que dizes neste post ...
Eu acredito que somos nós que temos de acreditar e ganhar as nossas " guerras", mas uma palavra certa na hora certa dada por um amigo pode fazer milagres :=)

Beijocas
ps- estás melhor???

Si disse...

A prova disso mesmo é a força dos comentários deixados nesta caixa do correio. Só o facto de alguém estar presente em momentos menos bons da nossa vida, mesmo que não os conheçamos de lado nenhum, dá-nos ânimo para ver as coisas com mais positivismo.
E a Ka melhorou logo... ; )))

Ka disse...

Vera,

Obrigada!

Beijoss

Ka disse...

Eduardo,

Estás no post certo a comentar????

Ka disse...

mjf,

A palavra certa pode ajudar muito...e não custa nada dá-la não é?

Estou a melhorar graças ao Rantudil 90, conheces??? É o meu melhor amigo neste momento :S

Beijocasss e obrigada pelo cuidado

Ka disse...

Si,

É verdade é :)

Obrigada!
Sabe que tive oportunidade de "provar" esse apoio à uns meses quanto estive doente e depois quando o Luis teve doente. E apesar de ter a minha vida normal, com família e amigos sem ser da net, a verdade é que me reconfortou imenso as messagens que aqui foram deixadas :)

É o tal retorno positivo que a blogosfera pode ter :)

beijinho

Eduardo Ramos disse...

Não Ká! Não estou.
Que keres? O f.... da p... do feedrss deu para o maluco e f....-me esta m.... toda!

É incrivel como um ponto pode ter tanto significado, não é?
:D

Safira disse...

Eu achei linda a ideia do primeiro post (apesar de ainda não nos conhecermos na altura e não ter visto) e acho ainda mais bonito relembrares a data. É um hino à esperança e ao positivismo, por assim dizer.
E olha que giro, logo hoje que também faz anos a canção 'We are the world' que também apregoava esperança e levou conforto a tantas pessoas esquecidas. É sempre bom dizer' presente' seja da forma que for, e tu és sempre muito 'presente' linda Kazinha. E tu sabes que eu não sou de graxas!

Deixo beijinho para ti, para a Graça e para o Lourenço que deve estar um rapagão lindo :) Muitas felicidades para ele!

liamaral disse...

Grande beijinho para todos! Fé é sempre essencial, acredite-se no que acreditar!
:) Beijinho

Gi disse...

Passei aqui para te fazer uma massagenzita.
Estás melhor, pelos vistos.

Graça Pimentel disse...

Obrigada, Ka, pela tua lembrança. O Lourenço está lindo, saudável, feliz. E felizes estamos todos nós. Foram momentos muito dolorosos e, como tal, muito longos. Não nos faltaram apoios de tantos e tantos conhecidos (ou não) da blogosfera. Tanta gente ajudou com uma palavra, com uma oração, com um "torcer"... A todos o sentido agradecimento meu, da minha filha, do meu genro e do Lourenço já que a Mafalda ainda não entendia o que se passava. A minha filha foi esta madrugada para Paris, em serviço, e eu irei daqui a pouco para casa dela ajudar aos banhos e aos jantares da Mafalda e do Lourenço.
Vou cobri-lo de beijos por mim e pela mãe.
A ti, ka, que apoiaste como niguém, AQUELE BEIJO AMIGO

paulofski disse...

Uma simples palavra pode gerar um grande movimento.

Espero que estejas bem melhor.

Beijo

secreto segredo disse...

Não gostaste do meu Movimento?


beijos

secreto segredo

1/4 de Fada disse...

O mundo é muito pequeno, Ka. Há umas semanas, a minha tia paterna falava-me do aniversário do antigo colégio em que ela andou e do reencontro com colegas que não via há muitos anos. No seguimento da conversa, mandou-me um mail com o link para o blog de uma dessas colegas - era a Graça! Quando fui ver o blog, ela tinha publicado um post em que se referia a um almoço com a Ka, vai daí, como ela é do norte, pensei "não me digam que..." e fui ver aos links e imagina quem é que estava neles...

Os meus filhos também nasceram prematuramente, com 34 semanas e o rapaz, que nasceu em 2º lugar, esteve um mês internado, de modo que sei bem o significado do que tu aqui dizes. A esperança, o pensamento positivo e o apoio dos amigos são realmente fundamentais em alturas assim.

Fatima disse...

A vida só faz sentido se acreditarmos!

Maria Anjos Varanda disse...

Concordo contigo. Há que acreditar sempre....é esse o meu lema...

Ainda bem que correu tudo bem com o netinho da tua amiga.

Já agora muito obrigada pela visita ao blog de apoio à Rita. Serás sempre muito bem vinda.

Gostei bastante do teu blog...virei visitar mais vezes.

Beijinhos

Ka disse...

Safira,

Obrigada! Isso é o teu enoooorme coração a falar :)


Beijocas

Ka disse...

Liamaral,

Obrigada!

Um beijinho grande

Ka disse...

gi,

Se quiseres repetir eu agradeço :P
Ist ainda não está fino...

Beijosss

Ka disse...

Graça,

Foi com todo o prazer que tentei ajudar pois é um privilégio ser tua amiga :)

beijo grande

Ka disse...

Paulofski,

Uma simples palavra pode animar alguém e isso é muito bom :)

Beijinhosss

Ka disse...

Secreto Segredo,

Este fim-de-semana já passarei no teu blog com mais tempo mas por norma eu gosto de aderir a causas concretas e este foi um bom exzemplo :)

Beijinho e um excelente fiom-de-semana

Ka disse...

Fada,

Um mundo mesmo pequenino!!! A Graça falou-me de ti quando almoçamos a última vez a contar precisamente isso :D

É curioso que o virtual e o real misturam-se e o mundo fica um berlinde não é?

Tiveste gémeos?? Nem imagino o que seja estares com um em casa e outro no hospital. O meu gfilho quando nasceu esteve uns dias na neonatologia por causa de uma bacteria que apanhou no bloco de partos e o susto foi enorrrme. O desgaste de estar um filho na neonatologia só o compreende quem já passou pelo mesmo não é?

Beijinho grande para ti e para os teus filhos

Ka disse...

Fátima,

Sem dúvida alguma!
Tristes as vidas de quem não crê em nada nem em ninguém

Beijinho

Ka disse...

Maria dos anjos,

Uma palavra de apoio não custa nada. E que sorte a da Rita em ter amigas como vocês :)

Volta sempre!

Beijinhos

Van disse...

=)) eu lembro-me do pequenito :) ainda há um tempito me perguntava como estaria ele :))