29/11/2007

Despedidas

Há 21 anos os Madredeus deram pela primeira vez um concerto ao vivo. Hoje e após o anúncio da saída de Teresa Salgueiro do grupo, será quase certo que o mesmo terminará.

No fim do ano passado o grupo havia decidido que o ano de 2007 sera um ano sabático. Após a sáida de José Peixoto e Fernando Júdice, foi agra a vez de Teresa Salgueiro , por sentir que não poderia manter a disponibilidde em exclusividade.

Sem dúvida uma perda enorme o desaparecimento deste grupo. Fica aqui não uma das minhas favoritas mas sim uma actação ao vivo ainda em início de carreira.


ps - para desligarem a músca ir ao fim da página.

6 comentários:

mixtu disse...

fiquei surpreendido
que seja para o bem dela

abrazo europeo

Jotabê disse...

Sabes Ka, acho essa expressão tua “…uma perda enorme o desaparecimento deste grupo.”, um pouco exagerada

os Madredeus foram sempre um grupo onde os seus elementos tiveram actividades paralelas, e tiveram também sempre uma grande ‘dança’ de entrada e saída de elementos. Da formação original por exemplo, só está o Pedro Ayres Magalhães e a Teresa

perda seria se deixassem de tocar ou cantar, acho até que o formato Madredeus já estava a ficar um pouco gasto, e esta dissolução será porventura reflexo disso

repara na extraordinária viragem da Teresa para um estilo bossa-nova, recentemente apresentado

E depois o Pedro Ayres Magalhãe como brilhante produtor musical que é, vai com certeza aparecer com alguma coisa nova, igualmente brilhante

:)

Cândida disse...

concordo com o jotabê.

Ka disse...

mitxu,

Acho que é :)

Beso

Ka disse...

Caro Jotabê,

Não é exagero na medida em que a voz principal, da TEresa Salgueiro era a alma do grupo.

E sim, tiveram sempre actividades paralelas e não há mal nenhum nisso mas falo de os Madredeus desaparecem e isso não se repete. Claro que teremos oportunidade de os disfrutar...mas por searado o que já não é a mesma coisa.

Beijoca :)

Ka disse...

Cândida,

Benvinda ao BDK!

Não repetirei aquilo que disse ao jotabê, mas apenas digo que mesmo que substituíssem a TEresa, já não seria a mesma coisa.

ESpero que tenha gostado.

Beijinho e volte sempre :)