12/04/2008

TPC


O medo é o que impede que tudo o que chega às maõs dos homens não se torne em sua propriedade. Basta produzir uma impressão que não se pode explicar, inserindo no medo o desconforto da culpa. É assim que milhões de pessoas podem ser pastoreadas nas ribeiras da paz por muito poucas. E nas trincheiras da guerra por outras tantas, senão as mesmas.
Agustina Bessa-Luís, in 'Antes do Degelo'




E qual o vosso maior medo? Não falo de medo de aranhas, ou coisas do género. Falo de acontecimentos da vossa vida.

E para dificultar ligeiramente (porque na semana passada tiveram férias extra) excluam o medo a morrer e a sofrer que penso que numa altura ou noutra todos temos :)

E agora mãos à obra!!!

15 comentários:

paulofski disse...

Bom dia Ka, tiveste bom descanço? Eu tive.

Xi... logo um TPC pela manhã, ainda bem que já tomei o "piqueno".

E é do díficeis! Tenho medo de sentir a falta de quem amo muito.

Beijinhos e bom fim de semana.

Maria P. disse...

Bom dia:) Bom fim-de-semana!

Medo, de ser tarde...

Beijoca*

KNOPPIX disse...

Eu sou como o Paulo, tenho medo de perder aqueles que amo, de ficar com esse vazio na minha vida, sei que a vida continua, mas passar por uma experiencia dessas, equaciona muitas das prioridades da nossa vida, abala algumas das nossas convicções mais profundas, é sempre terrível...

Beiinhos, flores, uma entrada para o espectáculo de amanhã na Casa da Música às 12H00 e bom fim de semana, o tempo está maroto, a anunciar chuva :(

lgbolhares disse...

Ah esta é fácil. Não tenho, nunca tive, medos; tenho, sempre tive e terei, receios! E aqui, talvez o principal seja o de vir um dia a deixar de acordar com vontade de o fazer...

Beijinho

http://comecardenovo2008.blogspot.com/ disse...

o meu maior medo é viver nas trevas, medo real, sentido, sofrido...

mjf disse...

O meu maior receio é...um dia pode perder as minhas capacidades cognitivas...aceditas??'
E uma paranoia minha já muito antiga...

Beijocas

Patti disse...

Muito fácil essa tua questão.

Para quem tem filhos, no meu caso tenho uma, é que aconteça algo de mal com ela.

Rui Caetano disse...

O medo está sempre ali à nosa frente, mas nós lá vamos vencendo o seu silêncio.

Kok disse...

Quando comecei a ler o post pensei de facto na morte, mas eu para essa já dei (no poema: VENDO).
Depois lembrei-me: tenho medo de ter medo.
Mas isso nem é carne nem é peixe. (É assim uma espécie de bacalhau com natas ou de bife de atum de cebolada, sei lá!).
Tenho mesmo que pensar, mas desde já adianto que tenho mais do que um medo. E, sinceramente, de todos eles não sei referir qual o maior, mesmo! Porque sempre que penso num é esse que me parece ser o maior! Por isso...!!!
Beijos sem medos!

Leonor disse...

Atrasada, cá me apresento ao serviço.

para o medo de morrer, também já dei, mas graças a Deus, foi-me concedida uma segunda vida;
medo de ter medo talvez;
sobretudo medo de não me saber ou querer superar, estagnar

beijinhos

GP disse...

Este TPC não é tão fácil como isso.
Tenho medo de me sentir mal e não ter tempo de pegar no telefone para ligar a uma das filhotas. Não que queria que elas dessem comigo caída neste meu soalho.
Também tenho medo que a lei natural da vida não se cumpra na minha família e eu tenha que ver partir uma filha ou um neto. Credo!!!
Vou-me embora que não quero pensar nestas coisas.

Beijinho

Blue Velvet disse...

Assim não vale:
Medo de morrer não vale.
Medo de sofrer não vale.
Medo de aranhas não vale.
Assim fica difícil.
Medo de ratos, conta?
Bem já que tiraste alguns dos meus maiores medos, aqui ficam os outros:
medo que aconteça algo aos meus filhos ( tenho dois)
medo de envelhecer
Beijinhos e veludinhos

CAP CRÉUS disse...

Medo de perder faculdades, medo de aranhas, medo de deixar de poder viajar...

Sunshine disse...

Dois medos: 1º que aconteça algo grave aos meus filhos, 2º que eu deixe de poder de cuidar deles antes de eles terem a sua independência.
Beijinhos.

Ka disse...

Bom dia a todos e muito obrigada pela participação :)

Quando fiz a pergunta fiz pensando em cada um de nós como ser humano e no seu percurso de vida e pondo de parte a família, amigos, etc

Mas mal surgiu a primeira resposta percebi que isso seria impossível uma vez que a família faz parte de quem nós somos.

Para mim o maior medo é que o meu filho sofra ou lhe aconteça alguma coisa de mal. o meu segundo medo é que me aconteça alguma coisa de mal a mim e não o possa proteger e acompanhar na sua vida. e vindo por aí abaixo na escala é medo seguinte é o do sofrimento e perda de capacidades.... e mais lá para baixo vem a claustrofobia...e o medo a aranhas...lol

Beijinho