23/11/2008

No teu poema


No teu poema
Existe a noite,
o riso e a voz refeita à luz do dia,
a festa da Senhora da Agonia
e o cansaço
do corpo que adormece em cama fria.
Existe um rio,
a sina de quem nasce fraco ou forte,
o risco, a raiva e a luta de quem cai
ou que resiste,
que vence ou adormece antes da morte.
No teu poema
existe o grito e o eco da metralha,
a dor que sei de cor mas não recito
e os sonhos inquietos de quem falha.
No teu poema
existe um cantochão alentejano,
a rua e o pregão de uma varina
e um barco assoprado a todo o pano.
Existe um rio
a sina de quem nasce fraco ou forte,
o risco, a raiva e a luta de quem cai
ou que resiste,
que vence ou adormece antes da morte.
No teu poema
existe a esperança acesa atrás do muro,
existe tudo o mais que ainda escapa
e um verso em branco à espera de futuro.

José Luis Tinoco

Porque ao fazer Zapping dei com uma das músicas que mais gosto, e mais me toca e não resisti a partilhar convosco...

14 comentários:

Paulo Cunha Porto disse...

Ainda bem, Querida Ka,
no poema de cada Objecto do nosso afecto existe tudo o que tenha para nós um significado superador da indiferença.
Beijinho

KNOPPIX disse...

Querida amiga Ka, uma bela escolha, parabéns, um exemplo perfeito de uma música intemporal que ainda hoje se ouve com imenso prazer...

Beijinhos e boa semana

Margarida Pereira disse...

Bolas! Que vertiginosa máquina do tempo!...
Boa semana!
:)

pedro oliveira disse...

Que bela escolha.Adoro Carlos do carmo.Bonita carreira ele tem.
boa semana, vai aparecendo.

Ka disse...

Querido Paulo,

ESta letra e a música não são de todo indiferentes, bem pelo contrário! E quando as recordações são boas ainda melhor :)

Beijinho

Ka disse...

knoppix,

TEm piada, não te imaginava nada a gostar de CC.

Beijinhos e uma excelente semana :)

Ka disse...

Margarida,

Já não a ouvia há uns mesitos mas quando a ouvi ontem não resisit :)

Uma excelente semana!
Beijoss

Ka disse...

Pedro,

TEm uma bonita carreira tem e a postura dele como Homem já é difícil de encontrar.

Beijinho

Vekiki disse...

É lindo este poema e esta música :-)
Boa segunda feira!

Ka disse...

Vera,

ainda bem que gostaste :)

A música que estava antes era a do CC que cantava precisamente este poema.

Beijosss e uma excelente semana

Si disse...

As antenas do Porto deviam estar sintonizadas na mesma frequência, só pode!
Não é que me aconteceu EXACTAMENTE a mesma coisa, no mesmo contexto, no mesmo momento e tudo??
Não sou propriamente fã do CC, mas há músicas que são eternas....

Luís Galego disse...

é tão só um dos poemas da minha vida...

Ka disse...

Si,

Não me diga!!! Que engraçado :)

TEm bom gosto então :)))

Beijinho e uma excelente semana

Ka disse...

Luís,

A sério?
Olha a mim leva-me a boas recordações e daí ter posto :)

beijinho P.I.