16/11/2008

Pensamento do dia

O nosso maior problema é a insistente negação das evidências que se nos apresentam. Ignoramos a evidência desesperadamente numa vã tentativa que o nosso 6º sentido se tenha enganado desta vez...só pela cobardia do não enfrentamento da dor, ou por vezes pela carência que vivemos e que camuflamos ao darmos o nosso melhor a pessoas que muitas vezes não o merecem.

Faríamos muito mais por nós se, de vez em quando, nos dispuséssemos a enfrentar a dor da verdade seja ela grande ou pequena para depois podermos seguir em frente e estarmos de corpo e alma para quem vale a pena (seja em que tipo de relação for).
PS - Porque este tipo de cegueira selectiva nos limita os horizontes

7 comentários:

Paulo Cunha Porto disse...

Querida Ka,
um escritor de que muito gosto, Momtherlant, tem uma frase que considero só poder ser dita por alguém muito presunçoso:
"Prefiro a Justiça ao Amor".
São esferas diferentes, o merecimento não é do munfo amoroso.
Beijinho

Ka disse...

Caríssimo,

Este pensamento nada tem a ver com amor, embora também possa ter aplicação nesse conceito.

Tem sim a ver com o facto de nos valorizarmos (em todas as relações, sejam elas de amor ou simples amizade), mesmo que através de processos menos agradáveis.

Eu tenho uma velha máxima: antes uma verdade dolorosa que uma mentira piedosa (e volto a repetir: seja em que relação fôr)

Beijinho

Margarida Pereira disse...

Estão os dois muito certos.
E isto, aplicando-se a tudo, aplica-se (neste momento) ao estado amoroso. E quantas situações sei (infelizmente) às quais isto se aplica que nem ginjas...
O caso é que quando no olho do furação, raros são os que conseguem a lucidez e a força para se rebelarem contra a inércia, o medo, a fraqueza. De serem humanos.
Invejo os guerreiros.
Lamento a justiça que não há.

Patti disse...

Já sabes o que penso, não é?

Abraçinho apertado.

Ka disse...

Margarida,

No olho do furacão não se tem a distância crítica que nos permite esta racionalidade de pensamento ;)

Beijinho

Ka disse...

Patti,

Não era sobre esse assunto :P

Mas...também terá a sua aplicação :)

Beijos meus e do sobrinho

LopesCa disse...

Mas quando abrimos o olhos já não levamos fácilmente com areia ;)