13/11/2008

Porque hoje é...

...noite de Lua cheia!
Quem já me lê há algum tempo sabe que habitualmente ponho aqui uma imagem da dita lua mas desta vez resolvi não a pôr para vos obrigar a ir lá fora e apreciar "in loco".

Está linda, grande, redonda!
A maior parte das pessoas associa a lua cheia ao romantismo, julgam que apreciar a lua é ma coisa que se deve fazer apenas quando estamos acompanhados. Pois digo-vos que estão errados.
Podemos apreciá-la sem a companhia de outra pessoa. Por vezes a melhor companhia é mesmo a nossa...um breve momento de paz em que nos limitamos a apreciar o que a vida por vezes nos oferece sem pedir nada em troca.

Tenham uma boa noite!
ps - e quem a vir diga-me depois se não valeu a pena o tempo investido :)

15 comentários:

ines disse...

Estive há poucos minutos a vê-la! Não imaginas como está bonito o reflexo no rio com a ponte atrás e as luzes de Lisboa!

Sou uma privilegiada!

Patti disse...

Já ontem começou. Eu lembro-me logo de lobos, alcateias, neve, corujas e lebres.

Fatima disse...

Gosto da lua!

Paula Crespo disse...

Já a vi. Belíssima!...
Bjs

Ka disse...

Inês,

Imagino pois!
Deve ser quase tão bonito como o reflexo dela no Douro quando atravessamos o rio.

Beijoss

Ka disse...

Patti,

Também me lembro desssas coisas, mas não só :)
Anda linda desde 3ª feira e hoje ainda vai estar :)))))))


Beijoss

Ka disse...

FAtima,

E é bom podermos apreciar estes pequenos prazeres que a vida nos dá não é?

Beijinhos

Ka disse...

Paula,

EStava não estava? :))

Beijoss

Margarida Pereira disse...

A lua é inspiradora.
Misteriosa, na sua solidão fria.
Irmana-nos na razão do divino.
É solidária com as nossas reflexões.
Disponível e singela, como as boas amizades deveriam ser sempre.

Paulo Cunha Porto disse...

Queridas Amigas,
como toda a gente sabe, sou um lunático, tomo pois tantao esforço como um cumprimento, a tentativa de me exergarem, mesmo a considerável distância.
Ass. Paulo Selenita

Beijinho, Querida Ka

Gi disse...

Ontem e antes de ontem lembrei-me de ti (e pensei em ti) por causa do luar que entrava pela janela do meu quarto-sótão.

Ka disse...

"É solidária com as nossas reflexões.
Disponível e singela, como as boas amizades deveriam ser sempre."

Gostei imenso desta sua descrição :)

Beijinho

ps - e o concerto ontem, que tal?

Ka disse...

Querido Paulo,

Bem me parecia que o tinha visto :P pois...mas faça lá o favor de não me impregnar a lua de livros e "amigas"

beijinho

Ka disse...

Gi,

:D
Ai que sorte!!!
Faz-me lembrar um apartamento que tive que era assotado e tinha uma janela mesmo por cima da minha cama.

Beijos :)

Safira disse...

Eu até ia ver a lua lá fora, mas o sereno encrespa-me o cabelo. Essa é a minha desculpa actual, mas quando era miuda vi um filme horrível chamado 'A lua do Lobo' e nunca mais fui a mesma. Não que me transforme em criatura hirsuta (a não ser que o capelo encrespado conte) mas durante anos tive pavor da lua cheia e não andava na rua nas noites em que ela brilhava, amarela e grávida.
Agora já não ligo, quero lá saber, se aparecer um lobisomem cumprimento-o e pode ser que falemos de bola antes de ele me estraçalhar o pescoço.

E com este belo pensamento me vou...já escrevi coisas menos parvas! lol
Beijocas