21/06/2007

Chamo-Te

Chamo-Te porque tudo está ainda no princípio
E suportar é o tempo mais comprido.

Peço-Te que venhas e me dês a liberdade,
Que um só dos teus olhares me purifique e acabe.

Há muitas coisas que eu quero ver.

Peço-Te que sejas o presente.
Peço-Te que inundes tudo.
E que o teu reino antes do tempo venha.
E se derrame sobre a Terra
Em primavera feroz precipitado.

(Sophia de Melo Breyner Andresen)

Porque...há alturas em que é bom saber que Ele existe

6 comentários:

João Cordeiro disse...

De facto, por vezes há alturas em que é bom mesmo acreditar que Ele existe.


Beijinho sonhador

KA disse...

João,

É importante acreditarmos...a isso chama-se fé!

Beijinho grande e que tudo esteja a correr melhor

Maria disse...

Belíssimo, o poema de Sophia.
E mais não digo....

Beijo, Ka

Luís Galego disse...

porque alturas há que é bom termos os poetas à mão para dizerem aquilo que nós só conseguimos pensar....que bela sophia, que terrivel ka, que dupla...

KA disse...

Maria,

Bons olhos t leiam por aqui :)
Fazia tempo que não visitavas esta casa...

Sophia é fantástica não é... até parece simples escrever quando a leio.

Beijinho e via aparecendo

KA disse...

Luís,

Sabes que acredito que é uma das características dos poetas...conseguirem expressar por palavras o que por vezes sentimos e pensamos.


Beijinho